Entrevista Noelia Cobas – Conheça a Petit Noni

mar 14, 2017 by

Na entrevista de hoje convidei a Noelia. Mãe da Olívia e casada com o Leo.  Nos conhecemos há três anos na escola dos nossos pequenos  e desde então venho acompanhando o seu  trabalho. Batalhadora e muito determinada. Tem uma preocupação em aperfeiçoar para entregar produtos de excelente qualidade.

A Noelia tem um trabalho impecável, desde a apresentação até o sabor. Quem encomenda um de seus bolos não esquece.

Ela decidiu seguir o seu sonho, se planejou  para viver do que gosta e hoje tem a oportunidade de acompanhar de perto o crescimento da filha “Incrível!”

A Noelia tem o pé no chão e no mostra que é preciso enxergar a realidade sobre o que é empreender. Não existe glamour!

 

 

Como tudo começou

Antes de começar a empreender, Noelia trabalhou por 9 anos em uma multinacional na área de TI. Quando decidiu que não seguiria mais esse caminho, se planejou e então foi cursar Gastronomia.

“terminei o curso grávida da minha filha e quando terminou a licença maternidade eu pedi demissão e comecei nessa jornada”.

Assim nasceu a Petit Noni Atelier, uma confeitaria com os doces, bolos, brownies e suspiros mais gostosos que já comi!
A motivação para seguir o caminho do empreendedorismo
Quando uma pessoa decide empreender, é preciso ter o pé no chão e saber que no início o salário não será alto e que você não terá todos aqueles benefícios que as multinacionais oferecem. Mas quando o desejo de acompanhar o crescimento dos filhos e a paixão falam mais alto, o sacrifício vale a pena.
Por isso é tão importante definir desde o início qual o seu propósito e o que é sucesso para você.

O desejo de empreender foi surgindo aos poucos. Sempre fui apaixonada por gastronomia, mas a verdade é que nessa área os salários são baixos e as horas de trabalho intermináveis. Já que era pra começar ganhando pouco e trabalhando muito, achei natural trabalhar por conta própria. Assim podia planejar um pouco melhor meus horários, participar da vida da minha filha e construir algo meu”. 

 

 

Organização

A verdade é que não é nada fácil se organizar quando trabalhamos em casa. Para quem trabalha com encomendas, o desafio é ainda maior.

“Não me organizo. Isso ainda é uma luta. Como o meu pico de produção é de quarta a sábado, eu tento me organizar com as tarefas de casa de domingo a quarta. Mas a verdade é que sempre aparecem encomendas esporádicas no dias das tarefas de casa e sempre que dá um tempinho nos dias de mais trabalho, eu acabo fazendo alguma coisa da “vida pessoal”.

 

 

O principal desafio de quem trabalha em casa

“O principal desafio é sem duvida as distrações. Dá vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, tem dias que enquanto um bolo assa eu vou dar banho na minha filha, mas depois acabo me atrasando com as coisas de trabalho. O suporte da família é essencial, mas a ainda não consegui dominar essa vontade de querer fazer tudo. Estou melhorando… um dia eu chego lá (talvez só quando eu montar meu atelier fora de casa)”.
Conselho
 “É preciso gostar muito do que se faz. Uma coisa é você sair da sua casa e ir trabalhar em algo que não gosta muito mas que te traz uma certa estabilidade e segurança, outra é você começar do zero, se dedicar, estudar e vender um produto ou serviço que não se identifica. Uma reserva financeira também é importante dependendo do tipo de empresa que se quer abrir. E o principal é não desanimar, empreender é difícil, desgastante emocionalmente e no início o retorno financeiro geralmente é bem baixo, mas com dedicação tudo dá certo. E se não der, muda o plano e começa de novo!”
Sonho
“Acho que meu maior sonho é montar um espaço fora da minha casa e ter uma equipe bacana que possa tocar o negocio em alguns momentos. Também quero conseguir ajudar a nossa comunidade de alguma maneira, meu sonho é ter uma horta comunitária, quem sabe nesse espaço fora da minha casa eu não consigo?!”
Frase inspiradora
“Se você quer algo novo, precisa parar de fazer o velho” Peter Drucker
Acompanhe a Petit Noni:
Site:
Facebook:
Instagram:

Deixe um comentário!